Passar ao conteúdo

Dois elementos da BABEL foram agraciados com prémios de desempenho na SPMS - Serviços Partilhados do Ministério da Saúde. 

Tivémos a oportunidade de falar com os recipientes destes prémios, numa entrevista onde ficámos a conhecer melhor o trabalho desenvolvido pelos mesmos e os fatores essenciais à construção de um bom ambiente de trabalho.

Wilson Oliveira e Dennis Azevedo na entrega de Prémio da SPMS


ENTREVISTA:

- Em que projeto estão envolvidos na SPMS?

Dennis: Neste momento pertenço à equipa responsável pelos desenvolvimentos das aplicações móveis na SPMS, das quais pertencem por exemplo o MySNSCarteira, SICO, PEM Móvel, entre outros.

Wilson: Eu, no Resumo Clínico Único do Utente (RCU2).
 
- De que modo o projeto em que trabalham vos influencia diariamente no vosso desempenho?

Wilson: Tem uma influência muito positiva na medida em que é um projeto muito interessante e desafiante, com grande potencial para evoluir.

Dennis: Estando nesta equipa, permitiu que pudesse continuar a trabalhar diretamente com aplicações móveis usando tecnologias e frameworks de ponta, ainda mais com aplicações de grande utilidade para o cidadão, neste caso na área da saúde. Outro ponto que para mim considero positivo neste projeto é o facto de ter contacto não só com diferentes áreas do negócio, mas também com colaboradores de outras empresas e culturas.
 
- Em que consistiu este prémio?

Dennis: Foi uma iniciativa da SPMS de Reconhecimento entre Pares dentro de cada Direção, onde cada um teria a possibilidade de votar em colegas nas diferentes categorias existentes.
 
- Porque acham que marcaram a diferença?

Wilson: Uma excelente questão na medida em que não fiz um esforço consciente para tal. Pelo âmbito do projeto (integrações) vejo-me a ter que interagir com várias pessoas, e de várias equipas. Talvez a forma de comunicar e algum conhecimento quer das pessoas, quer da área de negócio, tenham marcado pela positiva.

Dennis: No meu caso, acho que foi pelo facto de estar sempre disponível, tanto para dar o máximo de modo a conseguir entregar as soluções, como para ajudar os outros.

- É importante este tipo de reconhecimento, fora da BABEL?

Wilson: Sem dúvida. Ainda que fazendo parte da família BABEL (com orgulho!), é no cliente que passamos uma boa parte do nosso tempo. É ótimo saber que o nosso trabalho tem impacto e que somos uma mais-valia para os projetos que integramos.

- A dedicação e o empenho são fatores essenciais, no entanto, que outros aspetos pensam serem importantes na construção de um bom ambiente de trabalho?

Dennis: O principal é antes de tudo ter um grande espírito de equipa, ainda mais estando a trabalhar num ambiente como o da SPMS em que estamos em contacto com colaboradores de diferentes empresas e culturas.

Wilson: Acho importante existir uma mudança do discurso do individualismo para o coletivo. Na sequência disto vem o sentido de responsabilidade profissional (porque o nosso trabalho encaixa num todo, afeta outros), vem o respeito pelos colegas (que são pessoas tal como nós, com qualidades e defeitos, objetivos, vida pessoal).
 
- Quais acham que são as melhores competências individuais, de gestão e interpessoais para se tornarem um bom profissional?

Wilson: Houvesse uma receita mágica. Acredito que o respeito pelas pessoas (mesmo quando é preciso marcar posições) é importante. Trabalhamos com pessoas e para pessoas. Há que respeitar isso. Sobre qualidade de entrega o drive é algo como "o que não serve para mim, não serve para os meus colegas". Na medida do possível, claro. O mundo não é perfeito, mas podemos fazer o melhor que sabemos com as ferramentas à disposição.

- Como caracterizas o ambiente de trabalho na BABEL e as relações estabelecidas entre os colaboradores?

Wilson: Muito bom. Uma equipa muito jovem e bem-disposta de fácil comunicação.

- Como pensas que este prémio pode contribuir para o desenvolvimento e crescimento da empresa?

Wilson: O reconhecimento como Team Player diz-me que estou num bom caminho e que o mindset é bem recebido pelo cliente. Agora é analisar o que pode ser melhorado, e continuar.
 
Dennis: Um colaborador pertencente à BABEL estar associado a prémios como este ajudam a solidificar a posição da mesma no cliente, demonstrando que os seus colaboradores vão de acordo com as pretensões do cliente.


A BABEL sente-se muito orgulhosa dos nossos colaboradores!
Que o bom trabalho continue!
 
Descripción imagen
Rafael Graça Perfil en Linkedin

Sou Assistente de Comunicação na Babel, trabalho em estreita colaboração com a equipa para garantir que a mensagem chega ao seu destino. Sou defensor da liberdade de expressão, pôr em prática aquilo em que acreditamos e colocar um sorriso no rosto das pessoas.

Mas post de Rafael Graça