Externalização do Desenvolvimento de Aplicações

A ING Direct utilizava um modelo de desenvolvimento de projetos baseado na colaboração com os seus fornecedores sob a forma de assistência técnica. Este formato foi bem sucedido durante alguns anos, mas com os seus planos de expansão não podia apresentar uma solução para os seus novos e ambiciosos planos de negócio. Por isso, decidimos procurar uma alternativa que lhes permitisse ganhar em termos de capacidade de execução de projetos para garantir o sucesso dos seus planos de negócio sem perder qualidade nas suas aplicações.

A solução foi uma evolução no sentido de um modelo de serviço baseado na Externalização do Desenvolvimento ou Gestão de Aplicações (AM). Sob este modelo é frealizada uma divisão de responsabilidades que permita o crescimento de ambas as partes (cliente e fornecedor) suportado por uma metodologia de trabalho que controle o modelo.

Featured Success Cases